Japonês: idioma incomum! Saiba os 10 motivos para você aprender japonês agora

Aprender japones - featured VDT

E finalmente, 2017 começou para valer! Agora que já passaram as festividades de início de ano, as fortes emoções financeiras do mês de janeiro e do carnaval, o VDT volta à todo vapor, com mais e mais posts, para trazer muito conteúdo interessante e diferenciado!

E, spoiler à parte: esse ano temos meeeega novidades! Aguardem!

Brincadeiras à parte, só voltamos ao blog agora, mas aqui a action está pesadíssima! Afinal, lançamos o nosso 1º curso online em janeiro desse ano, o curso: Tokyo 2020!

E se você sonha em conhecer o Japão (e por que não durante as Olimpíadas de Tokyo 2020?) e não sabia que esse curso estava saindo do forninho, não perca tempo e se inscreva na nossa lista para receber novidades da abertura da próxima turma do curso!

Fique Atualizado!

<

p style=\"text-align: center;\"> Entre para a lista das pessoas mais apaixonadas pelo Japão


O dilema de aprender uma nova língua

Desde pequenos é muito comum ouvirmos, que temos que aprender outras línguas. O inglês, já é de praxe. A quantidade de escolas e até mesmo creches bilíngues no mercado, não é pequena. Hoje em dia, quem não fala inglês “tá vendido”.

Ok! Você já aprendeu inglês, tá ingressando na faculdade ou no mercado e te dizem: “Oh! Só o inglês? você tem que aprender outra língua!”. E como o espanhol é “parecido” (é e não é né?! convenhamos…) com o português, geralmente é a segunda maior escolha dos brasileiros.

Mas e aí, o que tem a ver o japonês com isso?! Quem é que escolhe aprender japonês, ora bolas?!

10 razões para aprender japonês

Aprender japones - 10razões para aprender japones
  1. Diferencial – A maioria das pessoas foca apenas em aprender inglês, quiçá o espanhol. Aprendendo o japonês, você estará se diferenciando da grande massa. E ser diferente em determinados aspectos, pode ser muito bom. Falando de mercado de trabalho, é até uma vantagem competitiva.
  2. Aprender um idioma mais fácil que o Português – Parece piada, mas não é. O japonês é muuuito mais fácil que o português no quesito gramática. É óbvio que para aprender japonês, primeiro você vai ter que aprender o alfabeto. Mas feito isso, as estruturas gramaticais são moleza!
  3. Estar 4 passos a frente da maioria - o Japão é super conhecido por ser um país pioneiro em avanço tecnológico e novidades. Já pensou poder acessar esse tipo de informação, antes mesmo que algum site tenha traduzido para o português ou até mesmo pro inglês?! =O
  4. Oportunidade de conhecer o país e até mesmo de trabalhar lá - Estudar japonês te abre as portas para muitas coisas. Não sei se você já ouviu falar do MEXT, entre outras oportunidades. O Japão é extremamente aberto a patrocinar estudiosos e pesquisadores que queiram contribuir para o avanço do país. Você tem a chance de morar lá por meses ou até mesmo anos, tudo com o patrocínio do governo. Em troca, você deve estudar e pesquisar sobre assuntos que tenham a ver com a cultura japonesa ou avanço social.
  5. Aprofundar seus conhecimento na cultura japonesa - Já pensou, ler mangá sem o google tradutor?! Ver NHK (TV japonesa) sem legenda? Ou até mesmo os filmes japoneses? E olha que tem um melhor que o outro! Sério mesmo! Isso, sem falar em viajar para o Japão e poder aproveitar 100% de tudo que o país tem a oferecer.
  6. Trabalho remoto - Pois é! Já pensou? E é bem possível. Como a quantidade de pessoas que domina esse idioma não é muito extensa, você pode ser professor online, tradutor, prestar serviços para as empresas japonesas que ficam aqui no Brasil e muito mais… Tipo: trabalhar como guia turístico (em qualquer lugar do mundo) para japoneses!
  7. Ser reconhecido como O CARA - Pelo idioma ser reconhecido como uns dos mais difíceis, dado seu alfabeto “desenhado”, muita gente vai te admirar por saber japonês. Vão te considerar super inteligente! haha!
  8. Evolução na mente e no corpo - Você começa a trabalhar mais o raciocínio e a coordenação motora, simultaneamente. Afinal, escrever um ideograma é quase como montar um quebra-cabeça!
  9. Poder conversar sem ser entendido - Foi-se o tempo em que você podia falar em inglês com alguém, para falar algo que você não queria que as demais pessoas entendessem. Hoje, você ainda pode se arriscar com japonês para fazer isso. Só não faça isso lá na Liberdade/SP, porque vai ser como se estivesse falando português Haha!
  10. Fazer novos amigos - Como todo novo idioma, aprender japonês te traz a chance de fazer novas amizades. Os japas são super receptivos, pacíficos e com muito conhecimento diferenciado para compartilhar. Já pensou em aprender mais sobre a cultura samurai na fonte? S2! Ou saber das novidades de mangás e animés com um amigo otaku que conheceu na internet?
Aprender japones - fazer amizades

Eu podia fazer uma meeega lista de motivos para você aprender japonês. Mas acredito que essas 10 aqui resumem muito bem as mais diversas razões, para se aprender essa língua fantástica. Tá bom ou quer mais?! =D

O dilema parte 2: como aprender?

Existem diversas formas de você aprender. Você pode optar por aprender sozinho (com livros e sites de conteúdo gratuito) ou com auxílio (em cursos presenciais e online). Mas, então, qual a melhor forma?

Vamos aos prós e contras:

Aprender japones - Infográfico comparação das formas

10 dicas do Luiz Rafael para dominar o japonês 2x mais rápido

Afinal quem é Luiz Rafael né?! Respondendo de forma objetiva e direta: o cara é um amante da cultura japonesa, que sempre teve dificuldade em encontrar um método de ensino da língua japonesa, que funcionasse de verdade.

E aí, ele que não é descendente de japoneses (mesmo parecendo), desenvolveu um método baseado em formas que ele encontrou lá de fora, para aprender e, posteriormente, ensinar japonês online! Então, vamos às dicas?!

Aprender japones - 10 dicas para dominar o japones

1- Comece a ler mangás em japonês, imediatamente após aprender a ler o hiraganá e o katakaná. Isto porque, a grande maioria dos mangás, trazem o auxílio da leitura das palavras em kanji (furiganá). Além de que, a linguagem utilizada nos mangás é semelhante ao japonês falado no cotidiano. Você pode comprar mangás japoneses pela Amazon.jp, Honto.jp e também em formato digital, pelo BookLive.jp.

2- Instale em seu navegador de internet o Rikaichan (plugin para Firefox) ou o Rikaikun (plugin para Google Chrome). Isto permite que você possa ler facilmente, páginas em japonês.

3- Leia algumas notícias em japonês. Apesar do vocabulário usado em notícias ser um pouco mais complexo, você pode utilizar o News Web Easy, um site da NHK com notícias simplificadas e com furiganá.

4- Assine canais japoneses no YouTube e também no NicoNico. O NicoNico é um site de vídeos japoneses e possui vídeos para todos os gostos.

5- Faça amigos japoneses em websites como o Lang-8 e o SharedTalk. Para conhecer mais sobre essas ferramentas, acesse este artigo sobre como fazer amigos japoneses pela internet.

6- Escute músicas em japonês acompanhando a letra em japonês (não romanizada). Isto fará com que você aprenda facilmente como ler as palavras que estão escritas em kanji. Aqui em nosso portal, temos uma série de músicas em japonês com a letra convertida para HIRAGANÁ.

7- Se você gosta de videogames, pare de jogar jogos que não sejam em japonês. Transforme o seu tempo de diversão em tempo de aprendizado também. Jogue jogos apenas em japonês!

8- Troque o idioma do seu celular, do seu Facebook, do seu serviço de e-mails e do seu Windows para o japonês.

9- Aprenda a utilizar o aplicativo de memorização Anki. Este é o melhor aplicativo já criado para auxiliar no aprendizado de japonês. Desenvolva seu baralho e faça revisões todos os dias.

10- Escolha um filme, animé ou drama que você goste, em japonês, e ouça o mesmo áudio diversas vezes, até praticamente decorar, como se fosse uma música. Estude exaustivamente esse material até ter domínio, quase que completo, do japonês presente nele. Você pode seguir as dicas contidas neste artigo sobre como aprender japonês, através de animés (a metodologia vale para outros gêneros, como filmes e séries).

Dicas por Luiz Rafael

Aproveite e faça o download do livro gratuito do Luiz Rafael para dar seus primeiros passos no Aprendizado de Japonês.

Em quanto tempo posso aprender japonês?

Aprender japones - quanto tempo para aprender japones

Essa pergunta é batata de fazerem! Mas aí, vai depender do seu empenho e de qual o nível de aprendizado de japonês estamos falando.

Por exemplo, é possível aprender o alfabeto (hiraganá e katakaná) em 1 semana apenas! Esse prazo varia de acordo com sua dedicação! Mas é possível! Eu mesma aprendi. Em compensação estudava de 1 a 2h por dia e ficava escrevendo o alfabeto todo, pelo menos 2x ao dia, para decorar mais rápido.

Então, vai variar de acordo com o nível de aprendizado que se quer (apenas básico, apenas para ler, conversação, tudo…) e do seu nível de empenho (estuda todos os dias, algumas vezes na semana, ou quase nunca…).

Mas para não deixar essa pergunta sem resposta, vamos aos dados do curso Japonês Online:

Estudando de 3 a 4 horas por semana e realizando diariamente atividades de absorção (revisões, escuta e leitura) por entre 30 a 60 minutos, seguindo à risca o método e atividades propostas dentro do Programa Japonês Online, é possível atingir a Fluência Básica em entre 12 a 24 semanas.

Ainda mantendo a disciplina e dedicação, é possível atingir a Proficiência em Japonês em um período que varia de 1 ano e meio a 3 anos.

Vale lembrar que você começa a usar o japonês, desde o primeiro dia, aprendendo. Você pode (e deve) usufruir do japonês independentemente do nível em que está, pois é isso que fará com que você aprenda mais e fique ainda melhor. Comece a consumir conteúdo em japonês o quanto antes.

Agora eu te pergunto: você ainda acha que japonês é um bicho de 7 cabeças? Analisando esses parâmetros acima, o prazo de aprendizado não é bem similar ao prazo de aprendizado de um curso de inglês? ; )

Sacadas da Tsuge para aprender japonês

Aprender japones - dicas da Tsuge

Eu já testei algumas formas para aprender. E já digo logo, sou super focada e regrada, mas estudar japonês com livrinhos e sites gratuitos definitivamente não deu certo! =(

Daí, já tentei aprender em casa, com mamis poderosa! Maaas, sabe como é... Santo de casa não faz milagre! Pois é, acaba que aquele tratado de “só falar japonês em casa”, também não fluiu. Na pressa do dia a dia, a gente fala português mesmo! hahaha

Estudar online tem sido um hábito que adquiri há 1 ano, mais ou menos, e tem sido revolucionador. Consigo estudar nas horas vagas ou horários diferenciados. E mais, num ritmo acelerado, já que os cursos são videoaulas e dá para acelerar o vídeo quando o entendimento está fácil! =)

A melhor parte de estudar online é não ter que ficar carregando um milhão de folhinhas e materiais pra lá e pra cá. Basta acesso a internet e bingo!

Algumas dicas para estudar japonês online são:

  • Utilize o Video Speed Controller para acelerar os vídeos, quando estiver de fácil entendimento;
  • Baixe o teclado Simeji para o seu celular;
  • Aprenda a pronunciar antes mesmo de entender o significado. Afinal, foi assim que a gente aprendeu nosso idioma nativo, certo!?
  • Tenha contato diário com a língua. Não adianta sentar 1x por semana e estudar 7h seguidas. Além de exaustivo, não é produtivo. De 30min a 1h por dia e seu japonês vai “voar\";
  • Troque o idioma do celular para japonês;
  • Tente conversar com pessoas que falam japonês sempre que puder;
  • Escute áudios, músicas, tudo que possa favorecer sua pronúncia e entendimento da língua, se possível, diariamente.

Conclusão

Você tem mil e uma formas para aprender japonês. Mas acredito que depois disso tudo, duas coisas tenham ficado bem claras:

  1. Aprender japonês vai te trazer inúmeros benefícios pessoais e profissionais;
  2. Aprender japonês online é super possível e recomendado!

Pode ser que você ainda não tenha visto, mas a Obaachan já deu umas dicas por aqui no Blog, falando sobre as principais formas de cumprimentos em japonês, saca só:

Marina Tsuge

Administradora por formação, com 24 anos, descobriu na arte de escrever uma forma de compartilhar conhecimentos e incentivar mudanças.