Chiang Mai, top destino da nossa viagem: elefantes, tatuagens Sak Yant e o festival do Loy Krathong

Chiang Mai: a capital espiritual da Tailândia

Thailand - Chiang Mai - Old Wat Vermelho - Viagens - Vida de Tsuge - VDT

Chiang Mai é a segunda maior cidade da Tailândia e fica no norte do país. Embora seja grande e tenha um turismo bem forte, é bem diferente de Bangkok. Considerada a capital espiritual da Tailândia, tem mais de 300 templos incríveis, as montanhas mais altas do país e uma vibe muito relaxante.

E o que vamos falar hoje?

Change your mind, but mind the g4p!

 

Conhecendo Chiang Mai

Chiang Mai é o tipo de cidade muito apaixonante. Passamos três dias lá, mas, com certeza, vale a pena você ficar mais tempo para curtir tudo o que ela oferece. A vibe de lá é incrível, a espiritualidade está no ar! Se você quer aventura, lindas paisagens, centenas de templos, compras e mais compras… aqui é o lugar.

Chiang Mai é uma cidade com características marcantes, pois mistura a cultura antiga, natureza exuberante, tribos exóticas e se encontra numa região que era conhecida como o Reino dos Milhões de Campos de Arroz ou, simplesmente, “Lanna”. O melhor de tudo: é muiiitoo barato o turismo lá!

Chiang Mai em 3 dias: tattoos, templos, elefantes, compras e muito mais…

Dia 1 - Primeiro dia em Chiang Mai

O dia começou na indecisão sobre o que fazer. A recepcionista do hostel ficou de verificar com um amigo dela sobre os monges tatuadores. Resolvi separar esse dia em duas partes e falar bem sobre as tattoos abaixo, separadamente.

Então, primeira parte do dia: Sak Yant (leia abaixo). Depois das tão esperadas tattoos de Sak Yant, almoçamos e experimentei o famoso Khao Soi, e jiiiiiisus! Põe pimenta nisso! Hahahahahha! Gostoso, mas pra próxima pedida “no spicy”.

Thailand - Chiang Mai - Wat Phra Singh 1 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
Thailand - Chiang Mai - Wat Phra Singh 2 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
Thailand - Chiang Mai - Wat Phra Singh Monge Réplica - Viagens - Vida de Tsuge - VDT

Fomos conhecer um dos templos mais famosos de Chiang mai: o Wat Phra Singh, conhecido por ter sua arquitetura altamente característica do Império Lanna. Nele tem umas réplicas de fibra de vidro dos monges que ali moraram. E juro, quando vi, bateu a dúvida se era de carne e osso ou não!

Esse templo fica na cidade antiga de Chiang Mai, conhecida como Cidade Murada ou Old City, que é rodeada por um fosso e resquícios de muralha, tem 1,5km² (um quadrado mesmo, de quase 400mt, cada lado) e é lotada de hotéis, restaurantes, templos e forte comércio. Aliás, é uma boa você se hospedar por aqui.

Thailand - Chiang Mai - Sunday Walking Street 2 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
Thailand - Chiang Mai - Sunday Walking Street 3 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT

Logo em frente a esse templo já estava sendo montada a Sunday Walking Street. Uma feira noturna maravilhosaaa, de se perder de vista. Tudo tão baratinho e lindo, que fui à loucura. A fera consumista que estava adormecida dentro de mim acordou e fez um estrago. Hahahahahaha

Além da Sunday Walking na cidade antiga, você pode visitar o Night Bazaar, que funciona diariamente na Chang Klan Road. Tem também, o Saturday Walking Street na Wualai Road. Enfim, opções de compras aos montes e barato! Sugiro comprar os presentes aqui.

Thailand - Chiang Mai - Wat Lok Molee - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
Thailand - Chiang Mai - Wat Lok Molee 1 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT

Também conhecemos o Wat Lok Molee. Muito lindinho e do lado do nosso hostel, à noite estava incrivelmente iluminado! Uma graça!!! Ele fica do lado de fora dos muros da cidade antiga, perto da Manee Nopparat Road.

Dia 1 – Especial Sak Yant

Thailand - Chiang Mai - Tatuagem 1 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
Thailand - Chiang Mai - Tatuagem 2 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT

Aos que querem fazer uma tatuagem com um monge, o estilo Sak Yant de tattoo é altamente baseado em significados. Não são apenas desenhos e tatuagens. Então pra começar, eles não costumam fazer tatuagens às segundas. Já que era domingo, foi aquela correria pra tentar fazer né? E ainda tem a questão da agenda. Tem que ver se existe um monge disponível.

Como eles não são tatuadores profissionais e não vivem disso, nem sempre estão livres para tal. De acordo com o budismo, o monge não deve cobrar pelos seus serviços (a missão deles aqui é propagar o budismo e seus ensinamentos), mas toda doação é esperada. Então existe um valor simbólico… Algo que já é “sabido” entre os que aqui habitam. hahahha!

Através de um amigo da recepcionista, o Tinny, que é um fascinado por tatuagens, conseguimos horário com um monge conhecido dele, chamado Rung Monk. E por conta do destino, era o dia de folga do Tinny. Ele fez assim: cobrou da gente o translado de ida e volta até o Monge e ainda nos ensinou tudo que se deve fazer antes de tatuar.

Então, 11h30 da manhã fomos com ele de carro até o monge, e haja chão. Foram uns 40 min até lá. Por curiosidade o preço cobrado pra nos levar, nos ensinar, esperar e ainda ser o tradutor entre a gente e o Monge foi de apenas 30 merréis.

Thailand - Chiang Mai - Flor de Lotus - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
Thailand - Chiang Mai - Ritual Tattoo - Viagens - Vida de Tsuge - VDT

Primeira coisa, deveríamos levar, cada um, uma flor de lótus pra dar ao monge.

Após escolher a tattoo, cada uma com seu significado (já vou falar deles) e o local da tatuagem (não pode ser qualquer local. Por exemplo, a flor de lótus sempre tem que ficar em pé. Por isso, não poderia ser no braço, pois conforme você se mexe ela pode ficar deitada ou de ponta cabeça. E ainda, não traz muita sorte fazer o Sak Yant abaixo da linha do quadril), você entrega a flor ao monge. Acende 5 incensos e reza por algo ou faz algum pedido à Buda. Depois disso, você está pronto pra ser tatuado.

O por quê do ritual? Porque esse estilo foi criado em momentos de guerra. Os monges tatuavam os guerreiros com as pinturas que, em sua maioria, trazem o significado de proteção. Mas existem outras com diferentes significados.

Thailand - Chiang Mai - Tattoo Marina 2 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
Thailand - Chiang Mai - Tattoo Marina 1 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT

Sobre as tattoos escolhidas:

  • Hah Taew: conhecida como “as 5 linhas” ficou bem famosa por conta da Angelina Jolie. Ela tem essa Sak Yant nas costas. Eu fiz no interior do braço e Augusto fez no antebraço combinada com a Chat Petch.
    O significado dela: a 1ª linha te protege de injustiça negatividade e protege sua casa; a 2ª reverte o mal que vem contra você e protege do carma; a 3ª te protege de maus espíritos; a 4ª traz sorte, sucesso e fortuna e a 5ª te traz carisma.

  • Chat Petch: conhecida também como escudo de diamante. Ela traz proteção tão forte quanto é o diamante. Augusto fez essa no antebraço junto com a Hah Taew, formando assim as 10 linhas.
  • Dok Bua Hom Ba Tum Ma Ha Shan: mais conhecida como five lotus steps. Significa que você pode conquistar todas as pessoas com amor e compaixão. Você pode se liberar de toda obrigação e será abençoado com paz e felicidade. Resumindo, seria a felicidade a todo tempo.

Observações :

  • Nem todo monge deixa você escolher a tattoo e onde fazer. Alguns escolhem por você de acordo com o que ele sente que você precisa.
  • Nem todo monge tatua mulheres. O nosso, por exemplo, pediu para eu não aparecer na foto com ele. Mas o Augusto podia, sem problemas.
  • Nem toda tattoo pode ser feita em qualquer lugar. Algumas tem local do corpo predefinido.
  • A cicatrização dura em torno de 3 dias. No início a tinta parece bem fraquinha, mas depois ela fica mais forte.
  • Não usar sabonete na área durante esses 3 dias. A indicação deles é usar apenas vaselina.
Thailand - Chiang Mai - Monge com Luva - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
  • A tattoo deve ser feita acima da linha do quadril, para trazer sorte.
  • A grande maioria das tattoos trazem o significado de proteção, mas existem outros como: sorte, popularidade, sucesso, poder, paz, felicidade, sorte em jogos, atratividade, amor, habilidade, dentre outros.
  • O Sak Yant é baseado em formas sagradas simétricas, animais e divindades.
  • Como as mulheres não podem tocar os monges, os que aceitam fazer a tatuagem, utilizam luvas pra evitar o contato direto.
  • Nem toda Sak Yant é feita por todo monge. Existem algumas famosas que são feitas pela maioria deles. Mas outras são como criações próprias, de acordo do o significado do desenho e os escritos nela.

Dor, tempo e preço:

A dor é bem menor do que com o aparelho. é claro que também vai variar de acordo com o local. Por exemplo, interior do braço dói, mas é bem suportável. Agora no meio das costas, bem nos ossinhos, é triste! Augusto fez no antebraço e achou supertranquilo.

As tattoos foram super-rápidas. As 5 linhas demoraram uns 5 minutos. A flor de lótus, uns 10 minutos e a combinação do Diamond com as 5 linhas, uns 10 minutos também. O mais legal de tudo é que as 4 tattoos saíram, juntas, por uns 290 reais. Uma pechincha!

Pra quem estiver ou vier à Tailândia, em especial à Chiang Mai, e tiver interesse de ir lá, basta falar com o Tinny Panyafuu!

Thailand - Chiang Mai - Tattoo 2 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT

Fique Atualizado!

Receba as novidades do nosso Blog em primeira mão!

Dia 2 - Bate e volta ao Doi Inthanon National Park

Thailand - Chiang Mai - Placa Doi Inthanon 2 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
Thailand - Chiang Mai - Doi Inthanon 2 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
Thailand - Chiang Mai - Doi Inthanon 1 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT

Dia de um bate e volta ao Doi Inthanon National Park (fica a 1h30 de Chiang Mai), onde fica o pico mais alto da Tailândia. Pra quem acha que por aqui é só calor, é porque não foi até lá. A temperatura registrada nessa manhã foi de 6º Celsius. Quando fomos lá já estava uns 18ºC, mas dentro da mata estava uns 16°C fácil, fácil. É bem longinho e se leva mais ou menos 1h30 de viagem até lá.

Sobre o pico e sua história

Thailand - Chiang Mai - Placa 2 Doi Inthanon 3 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
Thailand - Chiang Mai - Jardim Doi Inthanon 1 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT

Conhecido também como Doi In, fica a 2.565mt acima do nível do mar. Pertence ao mesmo grupo de montanhas que o Himalaia.

A primeira coisa que deve-se entender é sobre os reinados. Existiam dois por aqui:

  • Lanna Kingdom, significa o reinado do Norte, que englobava parte da antiga Burma (atual Myanmar), parte do sul da China, parte do antigo Império Khmer (atual Camboja) e a parte do Norte da Tailândia. Chiang Mai foi capital desse reinado e nessa época o 7º rei, chamado Inthanon pediu pra sua filha que, quando morresse, colocasse o nome dele nesse pico.
  • Siam Kingdom: Siam era o antigo nome da Tailândia (que só passou a ter esse nome em 1949), que incorporou parte do Lanna Kingdom aos seus domínios em 1892 e Chiang Mai só se tornou província de Siam, completa e oficialmente, em 1932.

Sobre o Parque Nacional

Thailand - Chiang Mai - Parque Doi Inthanon - Viagens - Vida de Tsuge - VDT

No Doi Inthanon existem 2 pagodas: a King Pagoda e a Queen Pagoda (essa última é toda lilás), cercadas por belos jardins. Além, é claro, de toda beleza natural, quedas d’água e uma vastidão de fauna e flora. O Parque também ficou muito conhecido por ser um ótimo local para observar e fotografar pássaros.

O passeio

Thailand - Chiang Mai - King Queen Pagoda 2 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT

Visitamos as 2 estupas - King & Queen Pagoda. Estupa, também chamada chörten, chaitya, chedi, pagode e dágaba, é um monumento construído sobre os restos mortais (geralmente cremados) de uma pessoa importante dentro da religião budista. Lá de cima, a vista é incrível e os jardins são encantadores. O pico, foi de longe a parte mais gelada do dia!

Thailand - Chiang Mai - Cachoeiras - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
Thailand - Chiang Mai - Cachoeiras 2 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT

Fomos à 2 quedas d’água: a Namtok Watchirathan (que é a maior cachoeira em termo de largura) e a Namtok Sirithan.

Thailand - Chiang Mai - White Karen Village 2 2 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
Thailand - Chiang Mai - White Karen Village 2 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT

Visitamos o mercado local de frutas e sementes chamado Meo Market. E, por fim, visita à White Karen Village, a vila oriunda de Burma que vive de plantação de arroz em escadas e também da tecelagem.

Thailand - Chiang Mai - Volta ao Hostel 1 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
Thailand - Chiang Mai - Volta ao Hostel 3 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT

Fim da tarde, de volta ao Hostel, resolvemos conhecer o Night Bazaar, que não chamou tanto a atenção como o Sunday Walking Street. Os preços eram mais altos e os produtos bem parecidos. Aproveitei pra experimentar a famosa cerveja Chang e achei bem gostosa. No caminho de volta, não resisti às chamativas casas de massagem. Então, foi hora de relaxar e conhecer a famosa massagem tailandesa! E não é que é boa mesmo?! Eles utilizam as “quinas” dos corpos deles (como dobradiça do dedos, cotovelos e afins…) para gerar maior pressão na área massageada, mas sem machucar. Excelente!!!

Dia 3 - Sobre cuidar de elefantes e Loy Krathong /Yee Peng Festival

Thailand - Chiang Mai - Elefantes 2 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
Thailand - Chiang Mai - Elefantes - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
Thailand - Chiang Mai - Elephant Trekking Care 1 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT

Hoje fomos ao Elephant Trekking Care. Trekking não por andar nos elefantes, mas sim por termos que fazer um trekking (trilha) a uma cachoeira, logo após aprendermos a cuidar dos elefantes.

Esse local é um centro de tratamento de elefantes, para onde os donos os enviam, quando estão doentes. E lá se ensina como cuidar deles. Então alguns pontos/curiosidades sobre esses grandões:

  • Eles têm sentimentos como nós (alegria, ciúmes, medo, tristeza…), mas não demonstram isso no rosto. Geralmente parecem ter uma carinha meio triste, porque estão sempre com “lágrimas” escorrendo dos olhos, mas isso significa saúde (como eles têm olhos grandes, têm que produzir muito lubrificante para os olhos).
Thailand - Chiang Mai - Elephant Trekking Care 4 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
  • Elefantes só enxergam à frente. Eles não têm visão periférica, por isso se mantenha no raio de visão deles, pra não assustá-los.
  • Eles costumam viver a média de anos bem similar a nossa. Lá nesse centro, o elefante mais novo tinha 28 anos e o mais velho 64. O tempo de vida deles vai variar de acordo com a forma em que o elegante é usado. Por isso, também, essa má impressão sobre os locais que usam elefante pra lá e cá carregando pessoas, pois o uso exaustivo deles pode ocasionar o falecimento precoce.
Thailand - Chiang Mai - Pata Elefante - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
  • Eles possuem uma super sensibilidade nas patas. Conseguem sentir um tremor de terra muito antes de nós termos consciência. Foi o que ocorreu na época do tsunami devastador aqui na Tailândia. Lá no norte do país, os elefantes correram para o topo das montanhas e as pessoas não entendiam o que eles estavam fazendo.
  • O elefante é capaz de “estocar” cerca de 5 litros de água na “papada” e só consumir quando houver necessidade.
  • Eles foram superimportantes para as civilizações orientais, tanto nas construções de grandes templos e impérios (carregando pedras e materiais), quanto durante as guerras, servindo de transporte e proteção.
  • Um santo remédio pra eles, quando estão com qualquer problema de saúde (como fraqueza, disenteria e verme) é uma bolinho feito de arroz, sal grosso e tamarindo.
Thailand - Chiang Mai - Elephant Trekking Care 5 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
Thailand - Chiang Mai - Elefante Beijo - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
  • A melhor forma de torná-lo seu amigo é dando coisas doces pra eles, como banana e cana de açúcar. Daí, eles passam a reconhecer o seu cheiro e você pode acariciá-lo, abraçá-lo e até dar um beijo que ele aceita de boa.
  • Thailand - Chiang Mai - Banho Elefante - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
    Thailand - Chiang Mai - Banho Elefante 2 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
    Thailand - Chiang Mai - Elephant Trekking Care 3 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
  • Eles têm sempre a aparência de sujos, pois usam a terra pra proteger o corpo de insetos e bichinhos pequenos, que possam infectá-los. Por mais que a pele deles seja bem grossa, as ruguinhas que eles têm, são uma porta de entrada pros bichinhos. Por isso, a importância de dar banho neles, pra limpar bem essas fendas. Existem locais que usam escova plástica e sabão, o que não é muito bom, por ter química. Lá aprendemos a fazer um sabão natural, feito da madeira de uma árvore. Ele é tão bom pro elefante, que após usar no banho o elefante pode até comê-lo.
  • Thailand - Chiang Mai - Trekking Trilha 1 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
    Thailand - Chiang Mai - Trekking Trilha 2 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT

    Aprendemos a fazer tudo com os elefantes: alimentar, preparar e dar remédios, preparar o sabão orgânico e dar banho nos elefantes e por fim, tirar uma fotos e brincar com eles. Depois disso tudo, hora de um trekking até uma cachoeira e ver a cara de bobão dos gringos vendo uma queda d’água. Hahahahaha! Foram umas 2 horas de caminhada mata adentro.

    Logo após, hora de rafting… E nosso instrutor do passeio, chamado Korn, meio tailandês meio chinês, era uma figura!!! Ele fazendo a demonstração dos movimentos em solo era digno de filme pra rir depois… Pena que ficamos sem bateria. Por isso, sem vídeos e/ou fotos do rafting… Dica galera: baterias extras!

    Chegando no hostel, só aquele banho rápido e direto pra rua, porque hoje era dia da abertura dos festivais: Loy Krathong e Yee Peng!! s2

    Thailand - Chiang Mai - Festas na Rua - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
    Thailand - Chiang Mai - Festas 1 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
    Thailand - Chiang Mai - Marina Sorvete - Viagens - Vida de Tsuge - VDT

    Pra entender um pouco melhor, parece até que é ano novo.. Todos na rua, música, desfiles, eventos em todos os locais! Eles ocorrem durante o início da lua cheia.

    Thailand - Chiang Mai - Loy Kratong 1 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
    Thailand - Chiang Mai - Loy Kratong 3 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
    Thailand - Chiang Mai - Loy Kratong 2 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
    • Loy Krathong é uma celebração honrosa à Buda. Marcado pelas lanternas flutuantes, geralmente feitas de arranjos de flor, são colocadas nos rios.
    Thailand - Chiang Mai - Yee Peng - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
    Thailand - Chiang Mai - Yee Peng Festival 2 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
    Thailand - Chiang Mai - Yee Peng Festival 3 - Viagens - Vida de Tsuge - VDT
  • Yee Peng: celebrado somente no norte da Tailândia, onde era o Lanna Kingdom. Yee Peng significa o “segundo mês”. Ele ficou bem marcado pelas fotos das lanternas que são lançadas ao céu e formam um lindo mar de luzes a noite.