O incrível passo a passo que nunca contaram a você sobre produzir conteúdos

content marketing Vida de Tsuge VDT

Produzir conteúdos! Parece uma coisa meio boba, que basta sentar e começar a escrever. Mas, é mais do que isso. Hoje vou te mostrar a técnica por trás da produção de conteúdos, que pode ser decisiva para o sucesso do seu blog ou negócio digital. E mais: como ela pode te abrir oportunidades que você nem tinha imaginado!

E sobre o que vamos falar hoje?

  • Como o PCM impactou a minha vida
  • Produzir conteúdos, afinal o que é isso?
  • 12 passos para produzir conteúdos samurais!
  • Dicas de como produzir conteúdos
  • Extra: Gratuito para download!
  • Conclusão: Produzir conteúdo não é só escrever

Como o PCM impactou a minha vida

PCM Jornal Crossfit Crossfit News Instagram Vida de Tsuge VDT

Uma publicação compartilhada por CF News (@cfnews_br) em Abr 11, 2017 às 11:18 PDT

Se você me acompanha nas redes sociais (se não acompanha, não perca tempo! =P ➜ Facebook e Instagram), deve ter visto que no início do ano, escrevi uma matéria para o 1º jornal de crossfit de circulação nacional, o CF News!

Pois é! Fui convidada para escrever uma matéria que falasse da minha experiência de ter treinado crossfit lá na Tailândia! Graças à uma postagem que fiz sobre essa modalidade ano passado, Crossfit é para todos?, o headcoach da Crossfit Lapa, Anderson Cruz, e também redator oficial do CF News, me chamou para participar do lançamento desse jornal!

Esse post que mencionei é o mais bombado no blog, até hoje. Ainda mais com todas essas polêmicas sobre a prática de crossfit, que estão em alta. Então, se você não entende muito bem o que é o crossfit e tem alguma curiosidade ou pré-conceito sobre essa modalidade, dá uma lida nesse artigo.

Devo todo esse progresso na arte de escrever, ao curso Produção de Conteúdos Memoráveis do Henrique Carvalho. Afinal, foi com ele que aprendi tudo sobre blog, marketing digital e produção de conteúdo. O cara é realmente muuuuito fera! Não é à toa, que ele é hoje, referência no mercado de marketing digital, em blog, produção de conteúdo e tráfego orgânico.

Fique Atualizado!

<

p style=\"text-align: center;\">

Não fique de fora da nossa lista Samurai

Frequência

Produzir conteúdos, afinal o que é isso?

PCM Jornal Crossfit Produzir Conteúdo Gerar Vendas Online Vida de Tsuge VDT

Produzir conteúdo no mundo digital, vai muito além de escrever um texto. Afinal, você não tem um espaço reservado lá na primeira página do google! Você tem que conquistá-la ou pagar por ela, rs!

E por que me refiro especificamente ao Google? Pelo simples fato dele ser a maior vitrine de conteúdos gratuitos na internet. E não sei você, mas eu, quando quero saber melhor sobre determinado assunto,“Google it!”. Por isso, estar bem ranqueado no google é uma estratégia fundamental para seu sucesso no meio digital!

E, em épocas em que a internet está abarrotada de conteúdos, como é possível se destacar de tantos outros sites e, assim, conquistar o seu lugar ao sol!? Ou melhor dizendo, seu posicionamento na primeira página do Google!?

Simples, produção de conteúdos memoráveis!

Existem 2 formas como o Google analisa os sites para ranqueá-los em ordem de qualidade (exceto se você pagar para estar na primeira página), que são:

  1. O tempo que uma pessoa passa no seu site
  2. A quantidade de cliques que a pessoa dá dentro do seu site

Ou seja, se alguém entra no seu site, não gostou do visual, ou começou a ler e ficou entediada e saiu rápido, menos pontos para você.

Se ela entrou, leu apenas aquele artigo que abriu primeiro e saiu, ou seja, nada no seu site chamou a atenção dela para clicar em outro link, menu, artigo, menos pontos para você ranquear no google, também!

Em suma, o que os robôs do google entendem, é que seu conteúdo e/ou site não é tão bom, já que não prendeu a atenção daquela pessoa. E você começa a ficar mal ranqueado.

Assim, nosso objetivo, como produtor de conteúdo, é fazer com que as pessoas passem bastante tempo no nosso site (por isso você vai ver que não escrevo artigos rasos, busco sempre trazer informações relevantes, bem estruturadas e explicadas) e também coloco CTA’s (call to action) e links para outros artigos com o intuito de que você continue navegando no nosso blog e adquirindo novos conhecimentos de qualidade.

Ah, quase já ia me esquecendo, é importante também utilizar técnicas de SEO (Search Engineering Optimization). Basicamente, é como os robôs vão referenciar o seu conteúdo à pesquisa de uma palavra-chave que alguém faça lá no Google Search.

Pra isso, você precisar utilizar a palavra-chave do seu artigo ao longo do texto, utilizar essa palavra na nomenclatura das fotos, organizar seu posts em títulos e subtítulos, fazer uma meta descrição (aquela descriçãozinha que aparece embaixo do link do site no google)… Entre outras técnicas.

Se você tem alguma dificuldade sobre produção de conteúdo para blogs ou site, deixa um comentário lá embaixo! Quem sabe eu não possa te ajudar com alguma dica?! =)

12 passos para produzir conteúdos samurais!

PCM Jornal Crossfit Pen Vida de Tsuge VDT

Pensando aqui em facilitar o seu entendimento sobre o passo a passo para produzir um conteúdo samurai, e não ficar apenas na ideologia, resolvi criar esse checklist e mostrar como a gente faz em nosso site e para te ajudar a entender melhor esse processo:

  1. Defina o conteúdo do seu artigo de acordo com o tema do seu site e seu nicho de atuação. Não escreva matérias de assuntos só porque está todo mundo falando disso. Lembre-se que sua audiência está em busca de conteúdos que tenham a ver com o propósito do seu site/marca.
  2. Pesquise a palavra-chave (SEO) para conseguir ranquear bem no google e focar a produção do seu texto, em uma palavra-chave que seja tendência no momento.
  3. Pesquise sobre o tema que vai escrever. Afinal, ninguém quer ler um conteúdo baseado em achismos. Busque referências concretas sobre o assunto, estatísticas e opiniões diferentes da sua, para poder problematizar o assunto de forma coerente.
  4. Organize suas ideias com mapas mentais. Com tanta pesquisa, você vai ter ideia de sobra pra escrever. Mas suas ideias têm que estar conectadas. Crie uma lógica de desenvolvimento do assunto ao longo do texto, pra não parecer que são blocos de assuntos desconexos.
  5. Escreva o artigo como se estivesse conversando com um amigo. Afinal, é bem mais suave e legal ler um conteúdo que mais parece um papo, do que um texto completamente formal.
  6. Coloque imagens para ilustrar as ideias. Ler um textão corrido, sem nenhuma quebra no meio, nem uma fotinha para dar aquela respirada, é cansativo e pode fazer com que seu leitor saia do blog, por mais que o conteúdo esteja incrível.
  7. Revise o texto em dia diferente ao que escreveu. Leia em voz alta e releia novamente. Ninguém merece entrar num blog super bacana e se deparar com um erro de português ou até mesmo de digitação, grotesco. Se você tiver alguém que possa fazer a revisão, sem se envolver na criação do conteúdo, melhor ainda.
  8. Melhore a leitura, compasse e velocidade do texto com a revisão. Quando você for lendo, vai ver que tem partes que escreveu, que não acrescentaram nenhuma informação útil. Então, não tenha pena de eliminá-las e, também, de tornar a leitura mais agradável tirando palavras e frases.
  9. Crie vários títulos e escolha o que é impossível de ser ignorado, já que ele é a porta de entrada para o seu artigo. Se você não gerar a curiosidade ou encantamento do seu leitor através do título, ele nem sequer, vai abrir seu artigo. E daí, de nada adiantou produzir um texto maravilhoso!
  10. Faça uma meta descrição/excerto que são pequenos resumos do que é o seu artigo. Eles aparecem no google e na lista de artigos do seu site, respectivamente. Após o título, ele é o segundo contato que o leitor tem com o seu artigo para saber do que se trata o texto. Seja objetivo, mas não deixe de gerar encantamento e a necessidade da pessoa de ler seu texto.
  11. Defina e coloque CTAs ao longo do texto para que a pessoa se mantenha engajada nos seus conteúdos e ajude também a divulgar suas matérias. Convide ela pra compartilhar o artigo, comentar as dúvidas ou experiências similares, a se cadastrar na sua lista de e-mail ou até mesmo, baixar um conteúdo extra que você produziu sobre o tema.
  12. Revisão no formato final é fundamental para ver se, esteticamente, o texto ficou bem colocado, se as fotos ficaram bem dispostas e também, se não passou nenhum erro de português, digitação e formatação. É ideal que essa revisão também seja feita em formato mobile, já que grande parte dos leitores acessam tudo via celular!

Se você está gostando de aprender mais sobre como produzir conteúdos, compartilhe com seus amigos!

Dicas de como produzir conteúdos

PCM Jornal Crossfit Free Image For You Seo Blog or Webmarketing Website Vida de Tsuge VDT

Muita atenção às promessas! Por exemplo, esse texto fala sobre “produzir conteúdos”. Imagina, se você chega até aqui no texto e não encontra absolutamente nada, de como você pode produzir conteúdos?! Frustrante né?! Possivelmente você jamais voltaria aqui para ler algum artigo. Por isso, é fundamental você responder a pergunta que está subentendida no tema do artigo!

Na hora de escrever, se “isole” do mundo. Desligue a TV, saia das mídias sociais e coloque o celular no modo avião. É bem comum, quando a gente está naquele estado de flow, escrevendo como se não houvesse amanhã, ser interrompido por uma notificação do facebook ou whatsapp. E daí, você para (afinal são apenas 10 segundinhos) e quando percebe, já perdeu o fio da meada na produção do seu texto.

Se você está trazendo uma problemática para o assunto, traga, também, as possíveis soluções! Não deixe seu leitor com mais dúvidas sobre o assunto, que ele veio buscar no seu artigo.

Algumas ferramentas são uma mão na roda para ajudar na produção de conteúdo:

  • Google Trends: ideal para entender quais os temas mais “badalados” do momento, para o seu nicho
  • Keyword Planner: bom para saber qual a palavra-chave que tem a ver com seu tema, é mais pesquisada no google
  • Buzzsumo: ótimo para dar ideias sobre como abordar o seu tema

Busque formatos novos para abordar seu assunto. Não se prenda apenas ao texto: produza e-books, infográficos, apresentações, vídeos, podcasts, mapas mentais… Enfim, existe uma infinidade de formatos de conteúdo que podem fazer o seu, se destacar da maioria!

Use e abuse das listas! Elas são mais práticas, fáceis de fazer e atrativas. Afinal, muita gente escaneia textos nas internet. Não lê de verdade. E quando esse tipo de leitor bate o olha numa lista, quase que como mágica, ele para e lê!

Não deixe a ‘obrigatoriedade’ de escrever um artigo limitar a qualidade dele. Ou seja, não produza conteúdo porque tem que produzir, pois, provavelmente, você vai passar esse sentimento para o leitor através de um texto raso, monótono e desinteressante. E isso pode ‘queimar’ a sua marca/página.

Aprenda a ouvir o seu nicho, entenda as necessidades dele através de comentários anteriores, em artigos ou redes sociais. Utilize pesquisas de opinião para entender qual o maior medo/dificuldade dele no seu tema e assim, aumente o relacionamento com seu público, fazendo ele se sentir parte do seu processo de criação.

Se inspire com os tops players do mercado nacional e internacional, sobre o assunto que está escrevendo.

Não se esqueça de divulgar seu conteúdo tanto no Google, através da técnica SEO, quanto nas redes sociais, que é onde você pode gerar bastante tráfego para o seu site/blog.

Extra: infográfico com o passo-a-passo para produzir conteúdos

Produzir conteúdos Infográfico Vida de Tsuge VDT

Vivemos num mundo altamente visual. É muito mais fácil absorver um conteúdo com um design agradável e diferenciado, do que apenas com um monte de texto corrido, né?!

Eu particularmente, adooooro infográficos. Não é à toa, que meu maior momento de procrastinação é quando entro no Pinterest: uma rede social em que o foco dela é o visual! Apenas imagens, tipo instagram, mas que diferentemente deste, está sempre ligada à algum conteúdo da internet, como link para o site/artigo.

Então criamos esse infográfico para produzir conteúdos samurais, passo a passo, com o intuito de te auxiliar nessa jornada de produtor de conteúdo!

É só baixar aqui!

Conclusão: Produzir conteúdo não é só escrever

É claro, que todo o conteúdo para aprender a escrever dessa forma, pode ser encontrada na internet de forma gratuita, com muita pesquisa e leitura. Mas então por que comprar um curso como esse? Simples…

“o que você ganha ao comprar um curso? Tempo, agilidade e economia que você ganha ao colocar em prática parte da bagagem que é passada no curso. É ser a ponte entre o seu sonho e a realidade que você deseja para a sua vida. Trabalhar de onde e quando quiser, ter tempo para se dedicar ao que você mais ama o que mais importa para você. E transformar a vida das pessoas que te acompanham realizando seus maiores sonhos, quaisquer que sejam eles.” Henrique Carvalho

Eu embarquei nessa e não me arrependo nem um pouco, afinal, tive resultados em 8 meses que costumam demorar cerca de 3 anos para chegar! Compensou né?! Lembre-se de que tempo é dinheiro. hahaha!

PCM Jornal Crossfit Marina e Artigo Vida de Tsuge VDT

Marina Tsuge

Administradora por formação, com 24 anos, descobriu na arte de escrever uma forma de compartilhar conhecimentos e incentivar mudanças.