Você sabia que o Monte Fuji tem uma data de celebração da sua existência? O “Fuji-san no Hi” é comemorado no dia 23 de fevereiro e essa data foi escolhida por causa do trocadilho 2.23, que se lê também como Fu(2) Ji(2) San(3), que tem a mesma pronúncia de “Fuji-san”.

O responsável pela criação da data comemorativa foi o governador de Shizuoka, Heita Kawakatsu, em 2009. Ele fez isso pretendendo que a UNESCO catalogasse o Monte Fuji como Patrimônio Cultural Mundial, o que aconteceu em junho de 2013. Sem dúvida, o Monte Fuji é o símbolo mais famoso do Japão. Não só pela sua beleza, mas também por sua história. Os japoneses o chamam de Fuji-san e a origem do seu nome, tem duas versões.

Uma versão diz que tem origem na língua nativa dos Ainus, primeiros habitantes da ilha, cujo significado é “vida eterna”. Já outra versão defendida pelos linguistas, diz que o nome se origina do dialeto Yamato e faz referência a deusa do fogo budista, “Fuchi”.

O Fuji-san é também um local de peregrinação, sagrado para o povo japonês, pois os budistas acreditam que o monte é a porta de entrada para um novo mundo. Os xintoístas construíram um santuário no topo da montanha reverenciando a deusa Sengen-hama, deusa da natureza. Já a seita Fujiko, acredita que a montanha tem alma.

m_130085_monte-fuji_viagem-pro-japao_vida-de-tsuge_vdt

Seja qual for a origem do nome do Monte Fuji, o significado carrega em si muita divindade, pois além de ser um dos símbolos do país, é a mais conhecida das Três Montanhas Sagradas do Japão (as outras são Tate e Haku). As montanhas são consideradas morada de deuses, onde se encontra o divino. Mas, o Monte Fuji é mais que isso: um ícone do país que é pintado, declamado, cantado, reproduzido nas xilogravuras de Ukiyo-e (séculos XVII a XIX) e admirado por milhares de pessoas que sobem até o seu topo, todos os anos (3.776 mt).

Mais curiosidades sobre o monte Fuji, que talvez você não saiba

Claro que você sabe que o Fuji-san é um vulcão ativo, porém adormecido, que pode acordar sim! Porém, o risco de erupção é baixo, fiquem tranquilos. É a montanha mais alta da ilha de Honshu e pode ser vista de Tóquio e de Yokohama, em dia de céu claro.

m_156515_monte-fuji_viagem-pro-japao_vida-de-tsuge_vdt

Na verdade, o Fuji-san é um vulcão que é considerado uma montanha e é a mais escalada do mundo. A subida é longa e cansativa, pedregosa e de aparência inóspita, mas há várias paradas onde se pode descansar e comer. Quanto mais alto, mais rarefeito o ar e, em alguns casos, a bomba de oxigênio é necessária. Em tese, qualquer pessoa saudável pode subir, graças às 10 paradas. Afinal, são 300 mil pessoas por ano, subindo o vulcão.

Você pode estar se perguntando por que iria subir, se nem é tão bonito assim? Acredito que a graça de subir o monte é porque ele é um vulcão, viável para a maioria das pessoas e você ainda pode trazer um cajado como lembrança da sua aventura. A cada estação, 10 ao todo, você carimba o seu cajado. Mas tenho que avisar: veja a meteorologia e se certifique que o tempo estará com céu claro. Se estiver nublado, não vai dar para ver nada. Agora, com o céu aberto, vendo as nuvens abaixo dos seus pés e avistar o horizonte, realmente deve ser divino! Tipo: I’m in the top of the world!

escalada_monte-fuji_viagem-pro-japao_vida-de-tsuge_vdt

A história conta que no ano de 663, um monge desconhecido foi o primeiro homem a subir o Fuji-san. Desde então, o monte passou a ser escalado apenas por homens e o primeiro ocidental que subiu o monte Fuji, foi o Sir Rutherford Alcock, em setembro de 1860. Só no final do século XIX, na Era Meiji, é que foi permitido às mulheres escalar o Fuji-san. Antes disso, essa prática era proibida para as mulheres. Em 1867, a primeira mulher ocidental que subiu o monte foi Lady Fanny Parkes, do país de Gales.

O Monte Fuji tem até uma música em sua homenagem, composta em 1910, pela compositora e caligrafista, Iwaya Sazanami, chamada ”Fuji-San “. Esta música se tornou o Hino Nacional do Monte Fuji e é cantada até hoje pelas crianças nas escolas japonesas. Conheça a letra e tradução:

Letra
Atama o kumo no ue ni dashi,
shiho no yama o mioroshite,
kaminari-sama o shita ni kiku,
Fuji wa Nippon-ichi no yama.
Aozora takaku sobie-tachi,
karada ni yuki no kimono kite,
kasumi no suso o toku hiku,
Fuji wa Nippon-ichi no yama.

Tradução
Tem uma cabeça acima das nuvens
Olha para as montanhas ao redor
Ouve um trovão abaixo
Fuji, a montanha mais alta do Japão
Está alto no céu azul
Vestindo um quimono de neve
e uma bainha prolongada de névoa
Fuji, a montanha mais alta do Japão.

Na base noroeste do Monte Fuji, fica a floresta Aokigahara, conhecida como Mar de Árvores e famosa por ser o local no Japão, onde ocorrem mais suicídios por ano. Por isso, as autoridades colocaram placas com mensagens em inglês e japonês, para demover as pessoas de cometerem esse ato.

lake-motosuko_monte-fuji_viagem-pro-japao_vida-de-tsuge_vdt

O Fuji-san fica em qual região do Japão e como faço para chegar lá?

O monte Fuji localiza-se a oeste de Tóquio, a 100 km e 2 horas de viagem pelo trem expresso. Ele fica no Parque Nacional Fuji-Hakone-Izu, na fronteira das províncias de Shizuoka e Yamanashi e três pequenas cidades envolvem o Monte Fuji: Gotemba a leste, Fuji-Yoshida a norte e Fujinomiya a sudoeste.

Existem 4 rotas principais para subir o monte Fuji:

  1. Yoshidaguchi
  2. Subashiri
  3. Gotemba
  4. Fujinomiya

A Marina Tsuge, subiu pela rota Fujinomiya por ser a mais rápida, mas é também, a mais íngreme.

Em cada trilha, tem 10 paradas, que facilitam a subida e se pode encontrar bebidas, comidas, lugares para descansar e estampar um selo no seu cajado. Se puder, leve mantimentos básicos, pois as coisas lá não são muito baratas e vai ficando mais caro, a cada parada.

Você pode chegar lá de várias formas, mas vou citar os transportes públicos mais usados:

  • Ônibus – A Keio Dentetsu Bus é a opção mais barata e você vai gastar, em média U$D 32, por ida e volta. Porém, a viagem leva aproximadamente 3h 38m.
  • Trem – Pegue a linha Chuo (JR pass), da estação de Shinjuku em Tóquio, para a estação Otsuki (U$D 38, ida e volta). Depois mude para a linha Fuji Kyuko (não coberta pelo JR Pass) e desça em Kawaguchiko (U$D 20, ida e volta). Se você tiver o JR Pass, pode pegar o shinkansen da linha Tokaido.
  • Carro – São 157 km pela estrada e você pode ir de carro até a base do Monte Fuji.

Você quer viajar para o Japão?

Existe uma forma de ir para o Japão sem gastar rios de dinheiro e vivendo uma experiência autêntica!

Qual a melhor época para visitar o Monte Fuji?

A resposta que vocês não gostam: DEPENDE! Eu acho lindo na primavera, pois tem a floração das cerejeiras e o tapete de shibazakura. Mas se você quer subir o Mt. Fuji, tem que ser no verão. Se você quer ele todo nevado, aí é no inverno, mas você não poderá subir (sem autorização da polícia).

Poderá sim, tomar um belo banho de água termal bem quentinha, ao ar livre, apreciando o monte e seu entorno cheio de neve. Mas o outono... Enfim, escolha de acordo com o que quer ver e fazer. Para escalar o monte, verão; se não gosta de frio 0ᵒC, evite o inverno.

m_158857_monte-fuji_viagem-pro-japao_vida-de-tsuge_vdt
m_104079_monte-fuji_viagem-pro-japao_vida-de-tsuge_vdt
m_104074_monte-fuji_viagem-pro-japao_vida-de-tsuge_vdt

Se você quiser saber mais da Primavera no Japão, clique aqui!

Se você puder, gaste mais um tempo para conhecer os Cinco Lagos do Fuji ou Fujigoko. Localizados na parte norte da montanha, as mais belas vistas que se tem do Fuji-san, são dos Cinco Lagos. Além do mais, você pode desfrutar das diversas opções de resorts de águas termais, aquecidas pela própria atividade geotérmica do vulcão.

Um outro cartão-postal famoso do Monte Fuji, é a vista que se tem a partir do pagode Chureito no templo de Arajura Sengen. Para lá chegar, saia na estação de Shimo-Yoshida na linha Fuji Kyuko.

Ao descer o Monte Fuji, você pode visitar ainda, duas atrações incríveis: O Fujikyu Highland, um parque que tem algumas das montanhas-russas, mais velozes do Japão. Tem também o Fuji Airways que te dá uma experiência em 4D, em um simulador de voo sobre a cratera do vulcão e sobre os Cinco Lagos.

m_101085_monte-fuji_viagem-pro-japao_vida-de-tsuge_vdt
chureito-pagoda_monte-fuji_viagem-pro-japao_vida-de-tsuge_vdt