Gion Matsuri: Patrimônio Cultural Intangível da Humanidade em Kyoto

Gion Matsuri é o festival do Yasaka Shrine em Kyoto e é o mais longo festival do Japão. Considerado também um dos mais famosos, ele acontece durante todo o mês de julho. Embora seja conhecido como Festival de Gion, os eventos principais acontecem fora do distrito de Gion, do outro lado do Rio Kamo.

A festividade começa no dia 1º de julho, com o início dos rituais religiosos e termina no dia 31 de julho. No dia 13 de julho, o chigo, menino selecionado para ser o símbolo sagrado da divindade, vai ao Santuário de Yasaka para rezar pela segurança do festival. Este menino participa de rituais de purificação e durante os dias 13 e 17 de julho, não pode tocar o chão. No dia 17 ele é carregado para o carro Naginata-boko e deve cortar uma corda sagrada (shimenawa), com um único corte, para começar o matsuri.

o-chigo-gion_Gion-matsuri-em-kyoto_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT
gion3-patrick-vierthaler_Gion-matsuri-em-kyoto_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT
gion2-patrick-vierthaler_Gion-matsuri-em-kyoto_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT

O ponto alto da festividade acontece entre os dias 17 e 24 de julho, com os desfiles de Yamaboko ou Yamahoko Junko. Dada a sua importância, em 2009, o Yamaboko do Gion Matsuri foi listado, pela UNESCO, como Patrimônio Cultural Intangível da Humanidade. Os Yamaboko Junko, são grandes carros alegóricos denominados de Yama e Hoko. Os carros Hoko, têm varas compridas tipo lanças, que representam as 66 lanças usadas no ritual de purificação original. Já os carros Yama, levam figuras em tamanho real de pessoas importantes e famosas.

São 9 carros Hoko que pesam aproximadamente 12 toneladas, têm telhado e chegam a ter 25 metros de altura. Eles levam o Chigo, os músicos e os meninos sagrados. Os carros Yama, que são em 23, pesam em torno de 1,5 toneladas e têm, em média, 6 metros de altura. Em cima dos carros, também estão presentes muitos músicos e artistas tradicionais.

gion-matsuri_Gion-matsuri-em-kyoto_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT
yamaboko2-gion_Gion-matsuri-em-kyoto_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT
gion5-patrick-vierthaler_Gion-matsuri-em-kyoto_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT

No dia 31 de julho, o festival termina com o Ekijinja Nagoshi Harae, que é uma cerimônia religiosa onde se pede pela boa saúde, até o fim do ano. Normalmente o Nagoshi-harae ocorre no dia 30 de junho, nos santuários shinto.

Para os visitantes, talvez o melhor do festival, sejam as noites que antecedem os desfiles. Nesse período chamado de Yoiyama, entre as noites do dia 14 até o dia 16, as ruas na região central de Kyoto são fechadas e as pessoas vestidas com yukata (quimono de verão), aproveitam para visitar as muitas barracas de comida - yakitori (espetinhos de frango com molho agridoce), taiyaki, takoyaki, okonomiyaki, doces e outros pratos típicos japoneses.

O Gion Matsuri é um festival muito bom para os fotógrafos, pois podem registrar vários aspectos da cultura japonesa, os hábitos, comidas típicas e é um oásis para quem quer ver geishas, maikos e Tayus (cortesãs de alta classe).

gion-yoiyama_Gion-matsuri-em-kyoto_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT
Geisha_Gion-matsuri-em-kyoto_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT
barraca-comida-gion_Gion-matsuri-em-kyoto_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT

Origem do Festival de Gion

Este festival teve origem como parte de um ritual de purificação (goryo-e) para acalmar os deuses e evitar infortúnios, incêndios, enchentes e terremotos.

Em 869 um surto de peste assolou o Japão que foi atribuído a ira de Gozu Tenno (o deus Gavagriva da Índia). As autoridades então, organizaram um grande festival para acalmar a divindidade. Foram confeccionadas 66 alabardas decoradas e estilizadas, uma para cada província do antigo Japão e colocadas no Jardim Imperial de Shinsen-en. Toda vez que um surto ocorria, se praticava esse ritual, até que em 970, foi decretado como um evento anual.

yasaka-jinja_Gion-matsuri-em-kyoto_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT
yamaboko-gion_Gion-matsuri-em-kyoto_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT

O imperdível Tenjin Matsuri de Osaka

Tenjin Matsuri é um dos três maiores festivais do Japã0, ao lado do Gion Festival de Kyoto e o Kanda Matsuri de Tokyo. É considerado,também, o maior festival fluvial do mundo. O Tenjin Matsuri homenageia a principal divindade do Tenmangu Shrine, Sugawara Michizane, poeta e estudioso do século IX, considerado um patrono dos estudos e deus do aprendizado, Tenjin.

O festival de Tenjin acontece nos dias 24 e 25 de julho e é o festival do Santuário de Tenmangu. Tem desfile pelas ruas de Osaka, procissões de barcos pelo rio Okawa e queima de fogos ao fim do dia. O festival remonta uma história de mais de 1.000 anos, onde se apreciam espetáculos culturais com apresentação de teatro noh e bunraku, música kagura, danças diversas e barracas de comida ao longo do rio.

Durante a procissão do segundo dia, um santuário portátil com uma fênix no topo, mikoshi, sai do Tenmangu Shrine pelas ruas da cidade, carregando o espírito da divindade de Sugawara Michizane. Depois o mikoshi é colocado em um barco que dá uma volta no Rio Okawa, ocorre uma queima de fogos e o mikoshi é devolvido ao templo, encerrando o festival.

tenjin2-festival-osaka_Gion-matsuri-em-kyoto_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT
tenjin-festival-osaka_Gion-matsuri-em-kyoto_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT
tenjin3-festival-osaka_Gion-matsuri-em-kyoto_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT

Muitos santuários são dedicados à Tenjin por todo país. Como é considerado o patrono dos estudos, muitos estudantes e seus pais, rezam para obter sucesso antes de exames de admissão nos colégios e universidades nipônicas.

Ah! E para quem curte música moderna, vai rolar o Fuji Rock Festival 2018, de 27 a 29 de julho, no Naeba Ski Resort em Niigata. O festival acontece desde 1997 e tem esse nome porque era realizado aos pés do Monte Fuji, antes de ser transferido em 1999, para o local atual.

São 3 dias de pop e rock, no maior festival de rock do Japão onde já se apresentarem nomes de peso como: Beck, Gorillaz, Red Hot Chili Peppers, Björk, Motörhead, Foo Fighters, Radiohead, Oasis e Coldplay.

Jornalista por formação, é curiosa e espontânea. Sua marca registrada é o sorriso. Sabe ser sargentão, mas tem os momentos "deixa a vida me levar". Muito autêntica no seu jeito de ser, é uma mãe "vida loka".