Por que Hokkaido?

Hoje vim falar pra vocês de Hokkaido! Esse pedaço ao norte do Japão é muito famoso pelas suas estações de esqui e do Festival de Neve, no inverno. Mas, nem só de neve vive Hokkaido. A região tem uma natureza exuberante e fica florida da primavera até o outono.

Em outros posts, o Vida de Tsuge, mostrou como o verão japonês é bem animado. Muitos festivais, muita gente na rua e, também, muita chuva em junho e julho. É uma época bem chuvosa e quente!

Chuva_Hokkaido_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT
farm_tomita_spring_Hokkaido_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT
okinawa-3421799_1920_Hokkaido_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT

Uma outra opção é ir para o extremo sul, Okinawa. Ficar dentro da água, mar cristalino, resorts fantásticos, é um sonho para qualquer um. A temperatura da água do mar em Okinawa fica em média 28°C. Uma delícia!

Mas o que tem pra fazer em Hokkaido no verão?

Entre junho e agosto, Hokkaido fica coberta por tapetes de flores de todos os tipos. Flores de lavanda, girassóis, papoulas, lírios, sálvias e cosmos são as mais impressionantes por causa de suas cores exuberantes. Os mais famosos são os campos de lavanda de Furano e Biei. Você pode ir pra fazenda Tomita, Parque Hinode, Fazenda Sasaki, dentre outros lugares.

A Fazenda Tomita, além das flores, tem cafés, observatórios e também lojas que vendem produtos à base de lavanda, inclusive sorvete! Ah! E espetáculo de fogos de artifício.

Um passeio imperdível que é ver o lago Aoike, que fica em Biei. O lago se formou porque o governo de Hokkaido construiu uma barragem para proteger a comunidade da lava do vulcão do Monte Tokashi. Essa barragem fez com que a água se acumulação numa depressão da floresta, criando esse lago de um azul turquesa muito intenso e bonito. É pura contemplação! A causa dessa profunda cor azul, se deve aos minerais e metais presentes na água. É um dos lagos mais bonitos do país e mais visitado no verão, quando o clima está mais ameno

Você também pode fazer rafting, canoagem, trilhas, caminhada e ver os pinguins no zoológico de Asahiyama.

furano_campos-de-lavanda_Hokkaido_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT
lagoazul-aoike_Hokkaido_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT
girassol_hokkaido_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT

Não quero ir para Hokkaido. O que tem para fazer?

No Japão, você sempre tem o que fazer: muitos locais históricos, lindos parques e jardins e sempre tem um evento aqui e ali. Segue a dica de 3 eventos que rolam nessa época:

Noite dos vaga-lumes no Sankeien Garden 2018 – 25 de junho a 4 de julho

Os vaga-lumes são muito apreciados no Japão e nos presenteiam com belos espetáculos com a chegada do verão japonês. O país é um excelente habitat para os vaga-lumes pois tem muitos rios, pântanos e plantações de arroz. Nesta época, eles saem para acasalar perto de riachos e florestas e o Sankeien Garden vira palco desse espetáculo. O Sankeien Garden é um amplo jardim no típico estilo tradicional japonês, que fica em Yokohama. O parque é um ponto turístico muito visitado e funciona até 17h.

Nas noites de apreciação dos vaga-lumes, fica aberto até 21h e é permitido entrar até meia hora antes. Há uma limitação de público para segurança dos visitantes e para evitar superlotação.

vaga-lume_firefly_b_Hokkaido_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT

Gujyo Odori em Aoyama 2018 – 29 e 30 de junho

Olha que legal! O festival Gujyo Odori é um dos 3 mais importantes festivais de Obon (similar ao nosso dia de finados), que acontecem no mês de agosto. Este festival acontece em Gujyo Hachiman, uma pequena cidade em Gifu, que fica ao lado de Nagoya, onde são apresentadas performances ao som de 10 canções tradicionais.

Mas para facilitar a vida de quem está em Tokyo, nos dias 29 e 30 de junho, no bairro de Aoyama, vizinho de Harajuku, acontece uma versão do festival em menor escala, com as apresentações de dança começando às 17h, nos 2 dias. Mas a festa começa às 13h e vai até 20h. Aproveite essa chance!

hanabi_Hokkaido_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT

Myanmar Festival 2018 - 30 de junho a 1 de julho

Todos os anos, no fim de junho, acontece o Festival de Myanmar, que promove a cultura e a culinária deste exótico país do sudeste asiático. Essa é uma boa oportunidade para conhecer um pouco mais desse país, que fica entre a Tailândia e Bangladesh. Por isso, sua culinária é uma mistura de influências orientais e indianas. O evento acontece em Tóquio, no templo Zozo-ji. Há também apresentações de danças tradicionais e mais de 60 barracas de comida e artigos de Myanmar.

myanmar_campos-de-lavanda_Hokkaido_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT

Curiosidade do verão japonês

Por todo o Japão, o objeto mais visto em junho, é o guarda-chuva. Além de barato, você encontra nas vending machines - jidōhanbaiki. Você vai se surpreender com a quantidade de tipos e formas que o guarda-chuva tem lá, mas o mais popular, é o transparente. A vantagem dele é que não bloqueia a sua visão, evitando acidentes ou esbarrões. Outra vantagem é que é praticamente descartável, pois pelo seu preço, em média U$1 (um dólar), passou a chuva, as pessoas descartam.

hortensia-nagasaki_4-símbolos-do-verão-japonês_Cultura-Japonesa_Vida-de-Tsuge_VDT

Certamente o Japão é um dos maiores fabricantes de guarda-chuvas do mundo, se não, o maior! A previsão do tempo lá é bem eficiente e se der que vai chover, acredite, vai chover!

Se você gostou desse post, também vai gostar desses aqui:

Siga a gente nas mídias sociais e fique por dentro de tudo que rola no Vida de Tsuge.

Referências artigos sobre Hokkaido no verão japonês:

Jornalista por formação, é curiosa e espontânea. Sua marca registrada é o sorriso. Sabe ser sargentão, mas tem os momentos "deixa a vida me levar". Muito autêntica no seu jeito de ser, é uma mãe "vida loka".