A história dos samurais é muito fascinante até hoje . Esse guerreiro japonês, cuja honra e disciplina norteavam seu modo de viver e lutar, se tornou a classe dominante do Japão em 1185. Os samurais com mais poder, xogum ou daimyo, tinham seus próprios castelos.
Como os samurais eram muito habilidosos, além da arte da esgrima e luta, eles eram alfabetizados e treinados na arte do ikebana e da cerimônia do chá. O treino da mente e do espírito fazia parte do modo de vida do samurai e, por isso, meditavam e faziam suas orações e rituais.

samurai_samurais-nos-castelos_vidadetsuge

Os castelos onde os samurais residiam, abrigam uma infinidade de peças artesanais, documentos, história, armas, vestimentas, pinturas, tudo o que fazia parte da vida deles. Em alguns castelos, é permitido experimentar armaduras de samurais. Um verdadeiro mergulho na história, no local onde eles viveram.

5 dicas de castelos de samurais que você deve visitar

Se você é um amante de histórias sobre samurais, aproveite esta dica de 5 castelos fantásticos para visitar e saber mais sobre como os grandes samurais viveram, o que usavam, onde dormiam...

Himeji Castle

himeji_samurais-nos-castelos_vidadetsuge

O castelo de Himeji foi construído pelo samurai Akamatsu Norimura em 1333, para ser uma fortaleza e foi sendo remodelado ao longo dos séculos, conforme mudavam de mãos. Considerado o castelo da era feudal mais bem preservado do país, foi declarado Patrimônio Mundial da Unesco em 1993. Por causa do seu exterior branco e que lembra uma garça voando, é também conhecido como o castelo da Garça Branca.

Localizado no topo de uma colina em Hyōgo, o complexo do castelo é composto por mais de 80 edificações. O castelo principal sobreviveu à Segunda Guerra Mundial e nunca foi atingido por terremotos ou incêndios.

Endereço: 68 Honmachi, Himeji, Prefeitura de Hyogo 670-0012, Kansai. Caminhe por 15 min da estação de Himeji da linha Sanyo Honsen.

Matsumoto Castle

matsumoto_samurais-nos-castelos_vidadetsuge

O Castelo de Matsumoto é um dos principais castelos históricos do Japão e considerado um Tesouro Nacional. Devido ao seu exterior preto, o castelo é popularmente conhecido como "Crow castle - Castelo do Corvo" e é quase todo original.

Fica em Nagano e originalmente era um forte construído por Shimadachi Sadanaga do clã Ogasawara. Em 1550 ficou sob o comando do clã Takeda e depois, o samurai Tokugawa Ieyasu. Mas o daimyo da época, Toyotomi Hideyoshi, transferiu Ieyasu e colocou Ishikawa Norimasa no comando do castelo. A partir daí, Norimasa e seu filho Yasunaga construíram o castelo, tal qual é hoje.

É um castelo diferente e no seu interior de madeira têm escadas íngremes, aberturas para lançar pedras sobre os invasores, aberturas para arqueiros e um mirante no topo.

Endereço: Castelo de Matsumoto, 4-1 Marunouchi, Matsumoto, Prefeitura de Nagano 390-0873, Chubu. Fica a 15 min de caminhada da estação de Matsumoto.

Kumamoto Castle

kumamoto_samurais-nos-castelos_vidadetsuge

A construção do Castelo de Kumamoto no início de 1600 levou sete anos e foi projetado por Kato Kiyomasa, o senhor feudal local (daimyo). Kato construiu uma fortaleza quase impenetrável devido à sua arquitetura estratégica. Menos de 50 anos após sua construção, o filho de Kiyomasa foi substituído por Hosokawa Tadatoshi. O clã Hosokawa reinou pelos próximos dois séculos, até o período Meiji.

O famoso samurai Saigo Takamori, considerado o último samurai da história japonesa, liderou uma rebelião em 1877, contra o novo governo e atacou o castelo de Kumamoto que servia de guarnição para as tropas do governo.

Embora o castelo tenha sido quase que totalmente reconstruído ao longo de sua existência, ainda é um dos castelos mais impressionantes do Japão e se tornou um destino procurado por quem aprecia a floração das cerejeiras. Infelizmente, com o terremoto de 2016, ele foi bastante danificado e está sendo reconstruído. Estima-se que sua reconstrução total leve 20 anos.

Endereço: 1-1 Honmaru, Chuo Ward, Kumamoto, 860-0002, Kyushu. Pegue um ônibus local da estação JR Kumamoto e desça na parada Kumamotojo-mae.

Osaka Castle

osaka_samurais-nos-castelos_vidadetsuge

A construção do Castelo de Osaka, Ōsakajō, começou em 1583 no antigo local do Templo Ishiyama Honganji, que havia sido destruído por Oda Nobunaga treze anos antes. Toyotomi Hideyoshi pretendia que o castelo se tornasse o centro de um Japão novo e unificado sob o seu governo.

No entanto, alguns anos após a morte de Hideyoshi, as tropas de Tokugawa atacaram e destruíram o castelo e exterminaram a linhagem Toyotomi em 1615. Em 1620 o Castelo de Osaka foi reconstruído por Tokugawa Hidetada, mas a torre principal do castelo foi atingida por um raio em 1665 e incendiada.

No final do século 19, o castelo foi quase que totalmente reconstruído e apresentado em 1955 no filme Godzilla Raids Again, de Tomoyuki Tanaka. Hoje a torre principal e o museu são de concreto e há um elevador para facilitar a subida dos visitantes, o que não tira o seu encanto e séculos de história. O parque ao redor do castelo, também se tornou um destino apreciado para ver a floração das cerejeiras.

Endereço: 1-1, Osakajo, Chuo-ku Osaka, 540-0002. Acesso pela estação JR de Osakajo Koen.

Nijo Castle

nijo_samurais-nos-castelos_vidadetsuge

O Castelo Nijo, Nijōjō, foi construído em 1603 como a residência de Kyoto de Tokugawa Ieyasu, o primeiro shogun do período Edo (1603-1867). Seu neto Iemitsu concluiu os edifícios do palácio do castelo, 23 anos depois e expandiu ainda mais o castelo, adicionando uma torre de menagem de cinco andares que foi destruída por um raio e nunca reconstruída.

Após a queda do Xogunato Tokugawa em 1867, o Castelo Nijo foi usado como palácio imperial por um tempo, antes de ser doado à cidade e aberto ao público como um local histórico. Os edifícios do palácio são indiscutivelmente os melhores exemplos sobreviventes da arquitetura de palácio-castelo, da era feudal do Japão. Declarado Patrimônio Mundial da UNESCO em 1994.

Endereço: 541 Nijojocho, Nakagyo Ward, Kyoto, 604-8301. A entrada do castelo de Nijo fica a 4 min de caminhada da estação Nijojo-mae da linha de metrô Tozai.

Existem outros castelos interessantes e localizados em outras regiões, que contam a história dos samurais. Esperamos que tenham gostado das dicas.

MAS, se você quer saber mais sobre a vida desse guerreiro, estamos lançando nesta semana o e-book “Rota Samurai”. Fizemos com carinho, uma rota dos lugares mais emblemáticos da história samurai. Não perca tempo, pois é só essa semana!

Quer viajar pro Japão e conhecer esses destinos pessoalmente??

Existe uma forma de viajar pro Japão sem gastar rios de dinheiro e conhecendo destinos inesquecíveis!