Grande Festival de Toshogu em Nikko

O festival de Toshogu, também conhecido como “Shunki Reitaisai Toshogu Shrine” acontece no complexo de templos mais importante de Nikko e um dos mais importantes do Japão. Esse complexo é tombado como Patrimônio da Humanidade, pela UNESCO e é dedicado ao fundador da clã Tokugawa. É lá que fica o túmulo de Ieyasu Tokugawa, que foi um dos grandes responsáveis pela unificação do Japão no século 17. O período governado pelo xogunato Tokugawa, foi chamado de Período Edo.

As 2 maiores atrações do festival de Toshogu são:

  • Yabusame – tradicional arte marcial, onde arqueiros a cavalo, têm que acertar três alvos, enquanto percorrem 255mt. Mais do que uma arte, é um ritual para pedir e entreter os deuses, para que abençoem as pessoas e as colheitas, trazendo prosperidade para a nação. A performance impressiona pela destreza de seus arqueiros.
  • O desfile é uma procissão de 1200 membros da comunidade do santuário, sendo 1000 vestidos como guerreiros samurais, chamada de “Hyakumono-Zoroi Sennin Musha Gyoretsu”. No desfile tem três santuários portáteis - mikoshi, que carregam os espíritos dos três shoguns da clã Tokugawa. Essa procissão reproduz o momento em que transferiram o túmulo do Ieyasu de Shizuoka para Nikko.

yabusame-toshogu-m_120052_Vida-de-Tsuge_VDT
Toshogu-festival-m_120049_Vida-de-Tsuge_VDT
Em Toshogu você, também, encontra a famosa escultura dos três macacos sábios: o que não vê, o que não ouve e o que não fala. O ensinamento dos 3 macacos sábios é ensinado para as crianças no Japão, para que sejam prudentes e sigam o caminho do bem.
Segundo a revista Viagem e Turismo da Abril, o santuário Toshogu é um dos mais visitados do país e destino essencial para quem quer sentir a história do Japão.
Toshogu-shrine-m_105689_Vida-de-Tsuge_VDT
three-monkeys_Viajando-para-o-Japão_Vida-de-Tsuge_VDT

Por quê o Japão tem tantos festivais?

Os festivais ou matsuris acontecem durante todo o ano e estima-se que pode ter mais de 100.000 festivais. A maioria dos festivais tem fundamento na religiosidade e outros são celebrações. Alguns são grandiosos e atraem 1 milhão de turistas, como Tokushima Awa Odori ou o Yosakoi Soran Matsuri. É inegável a alegria que cada festival traz, seja pequeno ou grande.
A palavra matsuri deriva do verbo 'matsuru', que significa precisamente venerar, adorar.
Por isso, muitas tradições se mantêm vivas, por causa desses inúmeros festivais tradicionais. Assim, a cultura e a história do país não caem no esquecimento, bem como a manutenção da forte espiritualidade. Tem muita festa religiosa, ligada a um templo ou santuário, festivais de dança, festivais de fogo, do arroz... e até, festivais bizarros, como o da fertilidade, onde o pênis é objeto de veneração.

Se você pretende curtir um templo ou santuário e aproveitar toda a beleza e mergulhar na espiritualidade do local, evite ir no Ano Novo ou Obon, que é como o nosso dia de Finados. O Obon é o evento religioso mais importante do Japão e acontece em meados de Agosto, pleno verão. Os locais sagrados ficam lo-ta-dos! Tudo fica lotado e tudo fica mais caro. Mas, com certeza, vale a pena ver tantas festividades que só acontecem no verão japonês.

japan-festival-karlocamero_Vida-de-Tsuge_VDT
matsuri-tradi+º+úo-74471_1920_Vida-de-Tsuge_VDT

Outros festivais no Japão em Maio

Aoi Matsuri - Conhecida como festival ‘Kamo', tem lugar nos templos de Kamigamo e Shimogamo. É uma procissão imperial onde 500 pessoas desfilam caracterizadas como sendo da corte imperial, do período Heian. Acontece no dia 15 de maio e é um dos 3 maiores festivais de Kyoto.

A figura central é a Saiou-dai, uma sacerdotisa xintoísta de cuja função era representar o Imperador naquela era. A Saiou-dai é escolhida dentre as jovens de famílias ricas e respeitadas de Kyoto. No desfile ela se veste com umas 30 camadas de kimono.

Kanda Matsuri – Um dos 3 maiores festivais de Tóquio, o Kanda Matsuri acontece ao longo da semana de 15 de maio. No sábado próximo ao dia 15 e a festa termina com uma grande procissão pelo centro de Tóquio, com pessoas vestidas em roupas tradicionais do período Edo, em celebração ao shogun Ieyasu Tokugawa que governou o país no século 17. No domingo, há o desfile de mais de 100 mikoshis – santuários portáteis, enfeitados com uma fênix dourada no topo, carregados por pessoas que cantam e sacodem os santuários, indo em direção ao Kanda Myojin Shrine. É bem divertido!

kanda-festival1-m_151729_Vida-de-Tsuge_VDT
kanda-festival3_151737_Vida-de-Tsuge_VDT
Siga a gente nas mídias sociais e fique por dentro de tudo que rola no Vida de Tsuge.