Calor, chuva, cerveja e festivais: saiba como é o verão no Japão

No dia 21 de junho começa oficialmente o verão no Japão, que vai até 23 de setembro. Mas, já no início de junho, as coisas começam a esquentar nesse país aparentemente tranquilo. Festivais, praias, shows pirotécnicos acontecem por todo o país.

O verão no Japão é curto mas bem marcante para as pessoas: época de muuuuuita chuva e umidade excessiva. O verão vai de junho a agosto, mas a partir de julho, passadas as chuvas, fica bem abafado e os tufões são mais frequentes, principalmente no sul. Por ser baixa temporada, recebe um bom número de visitantes e se você não quer gastar muito, essa é a época de passagens e hospedagens mais baratas. Boa pedida também, para quem curte praia, cerveja e muita festa de rua.

Todo verão é sempre muito quente, verde e barulhento. É, também, a época mais animada no Japão e você pode ter muita diversão a baixo custo. Se você gosta de agito, vá no verão.

aomori-nebuta_Verão-no-japão_Vida-de-Tsuge_VDT
kagoshima-summer_Verão-no-japão_Vida-de-Tsuge_VDT

Os prós e contras do verão no Japão

Na maior parte do país, a estação das chuvas, o ‘tsuyu’, ocorre nas primeiras semanas de junho. Chove muito e sem parar. E é justamente por isso, que as crianças fazem o bonequinho ‘teru teru bozu’ pra pendurar na janela e pedir para a chuva parar. Se você não gosta de chuva e calor, fuja do verão japonês.

Além da chuva e dos tufões, ainda tem os terremotos que não tem época para acontecer né? A sensação térmica pode chegar a 45ºC e faz você suar muito. Por isso, ande sempre com leque e lenço e use protetor solar.

Se você não gosta de praia, aproveite para conhecer a história do Japão, nos inúmeros templos e santuários. As cidades de Karuizawa em Nagano, Nara, ilha de Shikoku, Hakone, Kitakyushu, Quioto, Nikkō, Hiroshima e Kochi são algumas das indicadas nesta época. Evite ir pra Kagoshima, Yakushima. Kumamoto e Nagasaki, pois são mais quentes.

Embora o clima não agrade a muitos, é no verão que se pode andar pelos Alpes japoneses e subir o Monte Fuji e viajar para o caribe japonês: Okinawa!

teru-teru-bozu_Verão-no-japão_Vida-de-Tsuge_VDT
busena-okinawa_Verão-no-japão_Vida-de-Tsuge_VDT
fuji-verao_Verão-no-japão_Vida-de-Tsuge_VDT

Cerveja: a bebida típica do verão japonês

Pros cervejeiros de plantão, o verão japonês traz os festivais de cerveja. Como no Brasil, a cerveja vira a bebida oficial do verão. E aí vão dicas de 2 festivais de cerveja, que você não pode perder: Tokyo Beer Week e Sapporo Summer Festival.

De 2 a 17 de junho - Mais de 100 bares e restaurantes participam desse evento de verão. Na sua 5ª edição, o beer week traz uma grande variedade de cervejas artesanais locais e estrangeiras.

De 20 de julho a 17 de agosto acontece o Sapporo Summer Festival, no Odori Park, com inúmeras atrações, desde dança até shows pirotécnicos. O evento atrai mais de 1 milhão de visitantes para os largos corredores com barracas de cerveja de todos os tipos.

Como os meses de julho e agosto são os mais quentes do país, Hokkaido é uma opção pra lá de agradável, pois as temperaturas são mais amenas.

beer-festival_Verão-no-japão_Vida-de-Tsuge_VDT
web17_Tokyo-Beer-week_kv-370x246_Verão-no-japão_Vida-de-Tsuge_VDT

Dicas de 3 programas que você só pode fazer no início do verão

O Japão no verão pega fogo! Os festivais pipocam em todos os cantos do país. Onde você estiver, com certeza, vai ter um festival pertinho de você. Aí vão dicas de e grandes festivais:

  • 7 a 17 de junho – O Sanno Matsuri é uma festa imperdível para quem está em Tokyo no verão. O festival só acontece nos anos pares e é a maior festa shintoísta de Tóquio e um dos mais antigos festivais do Japão, que remonta o período Edo. O festival tem lugar no santuário de Hie em Chiyoda e a principal atração é a procissão – jinkosai – no entorno do Palácio Imperial de Tóquio. Centenas de pessoas vestidas em trajes antigos, desfilando com santuários portáteis, onde o principal sacerdote faz rituais para abençoar o Imperador. O Santuário Hie é consagrado como sendo o guardião divino da cidade. Aproveite as barracas de comida ao longo da procissão.
  • 9 de junho - “Chagu Chagu Umakko Festival” acontece na província de Iwate, entre Takizawa e Morioka . O evento consiste na procissão de 100 cavalos enfeitados com selas decoradas e multicoloridas e sinos para avisar que está passando. O percurso do Onikoshi Sozen Shrine, em Takizawa até o Hachimangu Shrine, em Morioka, tem 15km. É uma cerimônia que tem mais de 200 anos e começou com fazendeiros que agradeciam pelos animais que trabalhavam muito no plantio de arroz, se pede pela saúde deles e os animais descansam nesse dia. O nome chagu-chagu é devido ao som dos sinos nos cavalos.
  • De 6 a 10 de junho acontece o Yosakoi Soran Festival que leva para Sapporo, em Hokkaido (norte do Japão), mais de 1 milhão de visitantes de todo o mundo. O festival saúda a chegada do verão, com a competição de dança Yosakoi, uma dança folclórica e moderna que teve a sua origem na antiga awa odori. São mais de 300 trupes de dança e mais de 35 mil dançarinos que dançam vigorosamente, com roupas coloridas, maquiagem exagerada e fazendo barulho com as matracas ‘naruko. Matraca é uma peça de madeira com um pedaço de metal que fica batendo na madeira, reproduzindo o som de palmas bem fortes. Ao som da canção folclórica ‘soran bushi’, desfilam ao redor do Parque Odori, empolgando as multidões. O festival também fica repleto de barracas de comidas tradicionais. Humm, yammi, yammi!

sanno-festival_Verão-no-japão_Vida-de-Tsuge_VDT
chagu-chagu_106014_Verão-no-japão_Vida-de-Tsuge_VDT
yosakoi_Verão-no-japão_Vida-de-Tsuge_VDT

Se você gostou desse post, também vai gostar desses aqui:

Siga a gente nas mídias sociais e fique por dentro de tudo que rola no Vida de Tsuge.

Referências artigos sobre o Verão no Japão:

Jornalista por formação, é curiosa e espontânea. Sua marca registrada é o sorriso. Sabe ser sargentão, mas tem os momentos "deixa a vida me levar". Muito autêntica no seu jeito de ser, é uma mãe "vida loka".