Restaurante japonês tradicional com um toque brasileiro no tempero

Diferenças do Restaurante Japonês no Brasil e no Japão - Sushi 1 - Japão - Cultura Japonesa - Next Stop Japão - Vida de Tsuge VDT

Comer sushi em um restaurante japonês no Brasil, na maioria das vezes, não é comer um sushi como é feito no Japão. A culinária japonesa no Brasil é uma adaptação da culinária japonesa original, ao paladar brasileiro. Por isso, saiba que o nosso sushi passa longe em sabor e qualidade do peixe, comparado ao do restaurante japonês tradicional, no Japão. Outro fator pra se ter essa diferença, é o alto custo dos produtos japoneses e peixes, que para ser acessível a todos, sofre corruptelas.

O paladar do brasileiro gosta de comidas muito bem temperadas, com muito cheiro e sal e quase não se percebe o gosto do alimento em si. Por conta disso, os restaurantes japoneses no Brasil se valem de condimentos e sabores extras. Até o sushi e sashimi são mergulhados no shoyu, a ponto de não se sentir o sabor dos peixes. Aliás, no Japão não se mergulha o arroz no shoyu, mas sim o peixe.

A comida do restaurante japonês tradicional não é o sushi

E pasmem! O japonês não come sushi e sashimi todos os dias. O sushi é comida típica sim, mas não se come sempre. Mas, pelo fato dos restaurantes no Brasil servirem basicamente sushi e sashimi, criou-se a falsa impressão de que é a comida oficial do Japão. Há alguns outros pratos que são conhecidos nos japas como o yakissoba, tempurá, frituras e grelhados. Mas esse cardápio que conhecemos, não é o que os japoneses comem no dia a dia. Em São Paulo, na Liberdade, tem restaurantes japoneses que servem comidas mais tradicionais, como as do Japão.

Costumo dizer que o sushi e sashimi na culinária japonesa equivale ao churrasco na culinária brasileira. É bem característico, mas não é o prato do dia a dia. Lá é muito comum o consumo de arroz, macarrão, sopas, peixes (cozinhos, fritos e grelhados), carne de porco (muito mais que a carne de boi) e ovo! Muuuito ovo!

Diferenças do Restaurante Japonês no Brasil e no Japão - Washoku - Japão - Cultura Japonesa - Next Stop Japão - Vida de Tsuge VDT
Diferenças do Restaurante Japonês no Brasil e no Japão - r+ímen - Japão - Cultura Japonesa - Next Stop Japão - Vida de Tsuge VDT

A culinária tradicional japonesa é conhecida como Washoku, cuja base é o arroz, a sopa de missô, carnes grelhadas e vegetais cozidos ou em conserva. Aliás, esse assunto merece um artigo, pois o Washoku é mais que comida: é uma alimentação baseada em vários princípios e recheada de conceitos. Aguarde! Aliás, o Washoku recebeu o título de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade – wow!!! Abaixo, listamos pratos que compõem o washoku:

  • Arroz japonês feito no denkigamá (a panela de arroz elétrica)
  • Variedade de legumes cozidos ou em conserva (tsukemono)
  • Peixe ou carne
  • Sopa de missô (sopa de soja)
  • Tempurá (empanados)
  • Kare rice (arroz com curry)
  • Sukiyaki (um cozidão! haha) etc.

Nossos conhecidos sushi e sashimi

Diferenças do Restaurante Japonês no Brasil e no Japão - Sashimi - Japão - Cultura Japonesa - Next Stop Japão - Vida de Tsuge VDT

Voltando ao que conhecemos melhor, sushi e sashimi, o que comemos aqui, é muito diferente do que é servido lá. O frescor dos peixes, o corte, o ponto do arroz, não dá para comparar. Os sushis enrolados - chamados de makizushi- com cream cheese, morango, abacaxi, goiabada e outros recheios, jamais seriam utilizados no Japão. Os “hot rolls”, aqueles que são fritos e os brasileiros adoram, também não têm vez, pois eles são feitos com os cortes descartados dos peixes.

Mesmo que o washoku se baseie na utilização completa do alimento, ou seja, nenhuma parte do peixe é jogada fora, cada parte é devidamente utilizada nos pratos. Exemplo do famoso salmão skin, que é a utilização da pele do peixe frita para fazer um sushi.

Agora, por mais que no Japão eles não utilizem o cream cheese que nem aqui, lá eles ousam no cheese flambado! O queijo vem tipo num pote de maionese, é despejado em filetes em cima do peixe no sushi, pegam o maçarico de cozinha e pronto: queijo derretido em cima do peixe! s2 queijo é vida!

Diferenças do Restaurante Japonês no Brasil e no Japão - Kauai sushi - Japão - Cultura Japonesa - Next Stop Japão - Vida de Tsuge VDT

O arroz do sushi dos restaurantes japoneses no Brasil, também deixa a desejar. Além da qualidade do grão, que não é das melhores, é muito adocicado, encharcado e vira um bolinho bem pesado. Sabe aquela sensação de "comer um boi" quando você come os rolinhos (makizushi) ou o suhi?! Tudo culpa do arroz que vem todo empapado e espremido pra ocupar espaço na sua barriga, e assim, comer menos! Aliás, nunca comi um arroz de sushi tão gostoso e leve como o que a minha oba-chan faz. Fica a dica!

Se você gostou desse post sobre restaurantes japoneses, também vai gostar desses aqui:

  1. Mochitsuki - bolinho da prosperidade
  2. Arroz de sushi: receita da vovó
  3. Japão: A Terra Do Sol Nascente

Siga a gente nas mídias sociais e fique por dentro de tudo que rola no Vida de Tsuge

▫️ Curta a Página Vida de Tsuge
▫️ Cadastre-se no Vida de Tsuge
▫️ Siga o Vida de Tsuge no Instagram
▫️ Tweet os posts do Vida de Tsuge
▫️ Siga nosso Canal Vida de Tsuge
▫ ️Dê um Pin no nosso material!

Nos vemos em breve e até a próxima,

Fique Atualizado!

Receba as novidades do nosso Blog em primeira mão!

Milene Tsuge

Jornalista por formação, é curiosa e espontânea. Sua marca registrada é o sorriso. Sabe ser sargentão, mas tem os momentos "deixa a vida me levar". Muito autêntica no seu jeito de ser, é uma mãe "vida loka".

  • Muito bom, Milene!
    Acho que podia ter falado um pouco mais sobre karê. Eu pessoalmente gosto muito!
    E também gostaria de saber sobre sua visão sobre o Sukiya.
    Eu como teishoku que me parece ser parente do washoku
    Fica a dica para um próximo post. Hum…
    Ah… Eu comi sashimi no café da manhã em Hong Kong e achei espetacular. E olha que nem sou muito de sashimi.